Procuradora-Geral participa da posse dos novos dirigentes do TRE-SE

Em Sessão Solene realizada no Plenário do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe, no fim da tarde da última quinta-feira, 14, ocorreu a posse do Desembargador Osório de Araújo Ramos Filho no cargo de presidente deste Tribunal, sucedendo o Desembargador Cezário Siqueira Neto. Na ocasião, o Desembargador Edson Ulisses de Melo também tomou posse no TRE-SE, assumindo a Vice-Presidência e Corregedoria. A procuradora-geral do Estado, Maria Aparecida Gama e a subprocuradora-geral do Estado, Carla de Oliveira Costa Menezes estiveram presentes para prestigiar a solenidade de Posse.

Na oportunidade, ocorreu a eleição do novo Presidente do TRE-SE. Pedindo a palavra, o Des. Edson Ulisses anunciou sua intenção em não concorrer à Presidência da Corte, sugerindo, em seguida, aos colegas Membros que o nome do Desembargador Osório de Araújo Ramos Filho fosse eleito por aclamação para assumir o cargo.

Depois de anunciada a aquiescência por todos, o Des. Osório agradeceu e convidou o Dr. José Alcides Vasconcelos Filho – também Procurador do Estado – como Membro mais antigo da Casa, para tomar assento interinamente na cadeira de presidente e, perante ele, prestou seu juramento. Depois de prestar compromisso, o Des. Osório assinou o Termo de Posse como Presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe. Em seguida, o Des. Edson Ulisses de Melo assinou o Termo de Posse como Vice-Presidente e Corregedor do TRE-SE.

O atual presidente da corte, Des. Osório, manifestou em seu discurso o desejo de fazer uma administração simples e ética. Citou os objetivos para a sua administração, como o Pleito de 2016, a ampliação do Atendimento Biométrico Itinerante, a construção de mais um Fórum Eleitoral na cidade de Frei Paulo, a restauração de cartórios, entre outros objetivos. O Desembargador também parabenizou o ex-presidente desta corte Cezário Siqueira Neto pela sua gestão, garantiu em seguida a continuidade das políticas implementadas.

Para a procuradora-geral, Maria Aparecida Gama, a alternância de poder é salutar. “O Desembargador Osório Ramos por certo fará excelente gestão a frente do TRE; conhece a casa foi juiz eleitoral da Capital durante muitos anos. Sua experiência e vivência do contexto político do seu Estado serão fundamentais na condução das eleições municipais que se aproximam”, declarou a Procuradora.

Última atualização: 18/01/2016 11:29.