ORSSE interpretará Rachmaninoff e Beethoven dia 26

grande-orquestra_sinfonica_070313

Na próxima quinta-feira, 26 de outubro, às 20h30, a Orquestra Sinfônica de Sergipe (ORSSE) dará continuidade à Série Cajueiros da Temporada de Concertos no Teatro Tobias Barreto, com convidados especiais. Sob o comando do maestro convidado Edilson Ventureli, o grupo executará a Sinfonia nº7, em Lá maior, de Ludwig van Beethoven. A Orquestra Sinfônica de Sergipe é uma realização do Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult).

Outro destaque da apresentação será a interpretação do Concerto nº 2 para Piano e Orquestra, em Dó menor, de Serge Rachmaninoff, que será executado pelo consagrado pianista Alvaro Siviero. “Este, já muito conhecido dos palcos sergipanos, foi o destaque da Turnê 2009 da ORSSE, percorrendo com o grupo grandes palcos do Brasil, com grande sucesso de público e crítica”, lembra o regente titular do grupo Guilherme Mannis.

O Concerto de Rachmaninoff é uma das obras de maior destaque no repertório pianístico. Repleto de temas conhecidos do grande público, que por sua vez chegaram a inspirar diversas canções da música pop, tal concerto alia enorme virtuosidade do pianista ao lirismo das mais arrebatadoras melodias. Os ingressos já estão disponíveis na bilheteria do Teatro Tobias Barreto.

Sobre os convidados

Edilson Ventureli é regente titular da Orquestra Juvenil Heliópolis e regente adjunto da Orquestra Sinfônica Heliópolis. Iniciou os estudos musicais aos cinco anos de idade no curso de piano. Aos treze, ingressou no Coral Baccarelli e, sete anos mais tarde, tornou-se preparador e regente associado da Orquestra de Concertos de São Paulo e do Coral Baccarelli, posição que ocupou até 2003. Com estes, teve a oportunidade de se apresentar nas principais salas de concertos do Brasil, tendo excursionado pela Espanha por ocasião das comemorações do centenário de nascimento de Villa Lobos.

Aperfeiçoou-se em regência orquestral com Ira Levin (2004-05), Roberto Tibiriçá (2005-10) e, desde 2010, é orientado por Isaac Karabtchevsky, diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica Heliópolis. Nos últimos anos, participou regularmente do Musica Riva Festival (Itália), onde regeu a World Youth Orchestra, a SYOA – State Youth Orchestra of Armenia (Orquestra Juvenil Estatal da Armênia), Orquestra Reino de Aragón (Espanha) e LVIV Philarmonic Orchestra (Ucrânia). Em 2015 foi homenageado pela Câmara Municipal de São Paulo em reconhecimento pelo trabalho desenvolvido no Instituto Baccarelli e, em 2016, condecorado pela ordem Carlos Gomes por sua atuação como maestro.

O paulistano Alvaro Siviero é um apaixonado pelo piano, acumulando passagens por países como Alemanha, Portugal, Itália, USA, República Tcheca, Áustria, Polônia, França, Inglaterra, Suíça, Argentina, Chile, Holanda, Espanha, Uruguay e Peru, apresentando-se em turnês com a London Festival Orchestra, Budapest Chamber Orchestra, Russian, Virtuosi of Europe, The City of Prague Philharmonic Orchestra, Orquestra Académica de Madrid, Polska Filharmonia Baltycka, Sinfonia Rotterdam, Wiener Kammersymphonie, Salzburg Chamber Soloists e I Musici de Montreal, além de ser solista convidado de diversas orquestras brasileiras, tais como a Orquestra Sinfônica Brasileira, Sinfônica de Brasília, de Goiânia, do Paraná, de Santos, de Campinas, entre outras.

Siviero foi o primeiro brasileiro a participar do curso de imersão na obra de Beethoven na Casa Orfeo-Fondazione Wilhelm Kempff, em Positano. Em maio de 2007, realizou recital particular ao Papa Bento XVI, em Aparecida, São Paulo, quando da visita do Romano Pontífice ao Brasil. Em novembro de 2009, foi o artista que representou o Brasil no histórico Encontro Mundial de Artistas, celebrado na Capela Sistina, em Roma.
Em abril de 2011, em Maiorca, realizou o recital oficial de reabertura do verdadeiro local onde Chopin residiu na Cartoixa de Valldemossa. Por sua incansável dedicação à cultura e promoção de diversos grupos sinfônicos nacionais e internacionais, recebeu a Comenda da Ordem do Mérito Cultural Carlos Gomes como reconhecimento pelos serviços culturais prestados. Especializado em multiculturalidade pelo Lesley College (Cambridge) e graduado em Física pela Universidade de São Paulo, Siviero escreve sobre música clássica nos conteúdos digitais do jornal “O Estado de São Paulo”.

SERVIÇO

Orquestra Sinfônica de Sergipe
Série Cajueiros X
Rachmaninoff e Beethoven

Teatro Tobias Barreto, 26.10.2017, 20h30
Edilson Ventureli, regente convidado
Alvaro Siviero, piano

Ludwig van BEETHOVEN
Sinfonia nº7, em lá maior, op. 92
Serge RACHMANINOFF
Concerto para piano nº2, op. 18, em dó menor

Ingressos: R$20 (estudantes, melhor idade e professores) e R$40.
Realização: Secretaria de Estado da Cultura/ Governo de Sergipe

Fonte e foto: ascom Secult

Última atualização: 22/10/2017 23:59.