Procurador é homenageado com a Medalha do Mérito Cultural Tobias Barreto

homenagem mário principalO procurador do Estado e curador de arte, Mário Luiz de Britto Aragão recebeu, na noite da última terça-feira, 16, a Medalha de Mérito Cultural “Tobias Barreto”, na categoria de Artes Visuais. A homenagem promovida pelo Governo do Estado de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), teve o intuito de reconhecer o trabalho de artistas e agentes culturais locais.

A homenagem é prestada, anualmente, para até oito pessoas ou entidades atuantes entre as áreas de música, teatro, dança, artes visuais, literatura, cultura popular, pesquisa ou apoio cultural. A solenidade ocorreu no Museu da Gente Sergipana.

Para o procurador Mário Britto, esse foi um momento de reconhecimento e dedicação à arte sergipana. “Simplesmente inesquecível a noite de ontem recebendo a Medalha de Mérito Cultural “Tobias Barreto” do nosso Governador Jackson Barreto. Noite memorável. Muito obrigado a todos, em especial, aos artistas visuais sergipanos que me credenciaram para viver esse momento tão especial. Essa Medalha é de todos vocês, artistas que engrandecem e honram a nossa gente”, declarou.

Sobre a Medalha

A Medalha do Mérito Cultural Tobias Barreto foi instituída através da Lei Estadual Nº 2.55, de 21 de novembro de 1985. A comenda foi criada com a finalidade de distinguir personalidades e instituições que, por seus méritos e sua cooperação, tenham se destacado no estado ou nacionalmente, contribuindo para o desenvolvimento das atividades culturais de Sergipe.

Tobias Barreto

Escritor sergipano nascido em 07 de junho de 1839, Tobias Barreto de Meneses foi filósofo, poeta, crítico e jurista brasileiro. Fundador do condoreirismo brasileiro e patrono da cadeira 38 da Academia Brasileira de Letras. Suas contribuições filosóficas e científicas foram de grande importância, deixando uma vasta produção de livros sobre política, filosofia e poesias.

Última atualização: 16/12/2015 12:23.