PGE assina termo de cooperação técnica com Junta Comercial de Sergipe

principalCom o objetivo de ampliar e melhorar a estrutura tecnológica da Procuradoria-Geral do Estado de Sergipe (PGE), a procuradora-geral Maria Aparecida Santos Gama da Silva assinou nesta quarta-feira, 30, o termo de cooperação técnica para a obtenção de 20 monitores cedidos pela Junta Comercial de Sergipe (Jucese). Na assinatura do termo também estavam presentes o procurador-chefe do Contencioso Cível, Vladimir Macedo e os procuradores, Mauro dos Santos, Eugênia Freire e Patrícia Pessoa.

De acordo com o presidente da Jucese, George da Trindade Góis, o motivo do encontro foi a assinatura do Termo de Cooperação Técnica entre a Jucese e a PGE, na qual a Junta disponibilizará alguns equipamentos de Informática a Procuradoria. “Solidificamos, nesse momento, essa parceria que já existe ao longo de alguns anos. Alguns procuradores da PGE trabalham com a Jucese, eles assumem um papel a mais”, destacou.

Na oportunidade, o Presidente da Jucese explanou também sobre a importância e o funcionamento do Órgão em Sergipe. George apresentou ainda estatísticas financeiras dos últimos três anos e falou sobre os projetos desenvolvidos neste período. Outro aspecto enfatizado pelo Presidente foi a importante participação da PGE no julgamento de processos, tendo em vista que estão sendo feitos de forma singular e colegiada, ou seja, o julgamento singular julga os processos referentes às constituições e alterações das limitadas, empresários cooperativas e deferimento de CNPJ e o julgamento colegiado, composto por três vogais e um procurador, julga os atos das sociedades anônimas, transformações e os recursos interpostos ao plenário.

Para a procuradora-geral do Estado, Maria Aparecida Gama, esse é um momento importante para a Procuradoria. “A apresentação do presidente foi muito elucidativa, nos deu uma visão geral de como funciona a Junta Comercial. Me recordo que sempre ouvi reclamações de empresários acerca das adversidades para constituir uma empresa em nosso Estado e no País de um modo geral, então é uma satisfação imensa em ver que nós estamos avançando a esse ponto. Esse termo de cooperação demonstra a necessidade que a PGE tem da ajuda dos seus parceiros, agradeço imensamente ao Presidente pelos equipamentos pois vão auxiliar bastante na reestruturação interna da Procuradoria”, agradeceu a Procuradora-Geral.

Vladimir Macedo, procurador-chefe da Procuradoria Especial do Contencioso Cível e que, atualmente, integra o quadro de Procuradores atuantes na Jucese, falou da atuação da atual gestão da Jucese e do Presidente vigente: “Gostaria de registrar a competência e compromisso que Dr. George tem à frente da Jucese, dedicado e trabalhador. Fui testemunha esse último ano do comprometimento de se fazer uma Junta Comercial mais dinâmica, que facilite a vida do empresário. A economia desse Estado é o que move o resto”.

Última atualização: 31/03/2016 12:40.