Painéis de Leonardo Alencar serão restaurados pela Secult

Ciente da responsabilidade do Estado sobre o patrimônio artístico e cultural, a Secretaria de Estado da Cultuar (Secult) está trabalhando em um projeto resgate e restauração de uma série paineis do artista sergipano Leonardo Alencar, falecido em outubro deste ano. Esta semana, o Secretário de Estado da Cultura, Irineu Fontes, acompanhado da equipe da Secult, visitaram o antigo Restaurante Catavento, anexo à antiga Associação Atlética de Sergipe.

O trabalho do artista é composto por xilogravuras em preto e branco, que serviam para a decoração do teto e colunas do local. Na visita, todas as peças foram fotografadas e passadas para equipe de obras da Secult, que conta com restaurador, arquiteta, historiador e um curador de artes, que dará o prosseguimento dos próximos trâmites.

O restauro das peças era um desejo antigo do artista, deixado em depoimentos de vídeos disponíveis na internet. Outro desejo de Leonardo Alencar era a realocação desses painéis para algum local que obtivesse um teor artístico, a exemplo de museus ou bibliotecas da cidade. A Secretaria ainda está avaliando o local para a transferência destas peças, mas já cogita a possibilidade de expô-las na Biblioteca Pública Epifânio Dória.

Sobre Leonardo Alencar

Leonardo Fontes de Alencar nasceu no dia 7 de abril de 1940, na cidade sergipana de Estância. Era filho do jornalista, advogado e poeta Clodoaldo de Alencar. Começou a se interessar pelas artes ainda na infância. Aos 20 anos fez a primeira exposição, em Salvador (BA). Em 1963 entrou para a Escola de Belas Artes, na Bahia, onde foi professor no ano seguinte. Viveu na Europa por três anos, onde expôs obras e desenhou para revistas locais.

Nos anos 1980 retornou para Aracaju com a ideia de fortalecer o cenário cultural do estado. Em 2011 foi destaque no documentário ‘Terra a Dentro, Mar a Fora’, do diretor Fábio Pamplona. Leonardo Alencar é membro do Metropolitan Museum of New York, Museu de Arte do Rio Grande do Sul (MARGS), Museu da Gravura Brasileira, Associação Internacional dos Artistas Plásticos (AIAP – Unesco), Associação Sergipana de Imprensa, Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe e do Partners of America: Rhode Island.

Última atualização: 12/12/2016 11:25.